// Tecnomodo: Cinematografia Brasileira: Filme sobre o Dr. Bezerra de Menezes Estréia 29/08/2008

terça-feira, junho 24, 2008

Cinematografia Brasileira: Filme sobre o Dr. Bezerra de Menezes Estréia 29/08/2008


Na condição de amante do cinema e também, como não poderia deixar de ser, do cinema nacional, venho contribuir para divulgar essa maravilhosa obra sobre um dos grandes nomes Brasileiros, o Dr. Bezerra de Menezes. Esse é um filme que espero ansiosamente para assistir...
Estréia dia 29/08/2008!!

“Primeiro longa-metragem Cearense passado no Século XIX o filme será um marco na
Cinematografia do Estado.

Realizado com a mais avançada tecnologia digital e finalizado em 35mm, o longa-metragem “Bezerra de Menezes- Médico dos Pobres” fará uma fiel reconstituição de época para representar o Ceará e o Rio de Janeiro do Século XIX. Com cuidadosa pesquisa história de Luciano Klein, biógrafo de Bezerra de Menezes, aliada a extensa pesquisa iconográfica nos acervos mais importantes do país, a vida de Bezerra de Menezes será contada com passagens ficcionais e relatos de pesquisadores de sua vida e obra.

A produção terá locações no Ceará, Pernambuco e Rio de Janeiro e contará com o talento do ator Carlos Vereza interpretando Bezerra de Menezes, além de grande elenco Cearense.

O produto final será exibido em salas de cinema e disponibilizado para locação em DVD em todo o território Nacional”


Retirado do site Bezerra de Menezes - O filme

5 comentários:

Yuri Menezes disse...

Bacana, algumas cenas foram gravadas na casa de uma tia minha. Fizeram um belo trabalho por lá. Com certeza é um grande filme.

molina disse...

Que legal! Então você é parente do Dr. Bezerra de Menezes? É uma honra e prazer receber-te por aqui. Grande Homem e grande espírito, ele é.
Abraços e volte sempre...

Marcos disse...

Fico contentíssimo e muito esperançoso ao ver que novas produções finalmente se dedicam aos brasileiros que de fato fizeram nossa história e até há pouco tempo eram personagens ilustres de apenas alguns conhecedores de nossa história. Sem avaliações morais e singelezas a que necessariamente nos remete o caso do Dr. Bezerra de Menezes (que ser humano, esse!), recomendo também o filme "Noel, poeta da Vila", que prima pela simplicidade e brilhantes atuações de também quase-desconhecidos. Um filme "muito" feito com "pouco". Lembremos (ainda que com minhas reservas quanto ao estilo e gosto "tupiwoodiano global"...) do filme "Olga" , e outros, como "Lamarca", "Villa-Lobos" e "Madame Satã". Lembremos que Carlos Vereza teve a honra de representar Graciliano Ramos em "Memórias do Cárcere", de 1984. Que bom que nossos personagens reais, e que tanto representam nossa cultura e história, saiam aos poucos do ostracismo imposto pela lógica comercial ficcionista de sempre. Abraços e parabéns pelo site. Você é pessoa séria no que faz e escreve, mesmo diante do que é hilário. Siga em frente e, quem sabe, um dia tenha direito a um filme em sua homenagem. Espero que sim.

molina disse...

Caro Marcos,
É com emoção que respondo ao seu comentário. Não é fácil escrever sobre o que poucos acreditam ser bom. É difícil encarar certos desafios e ultrapassar certas barreiras enfrentando a crítica comum e o senso comum de bom ou ruim. Sou um fã incondicional do cinema nacional, que não deveria existir nem distinção quanto a palavra, mas sim ser apenas cinema, sem necessidade de especificações posteriores. Quanto ao Dr. Bezerra de Menezes é uma honra poder citá-lo em meu site. Acredito que a função social de um blog é o de informar e disseminar a maior quantidade de informações possíveis, principalmente as que ficam “escondidas” na mídia, outras são pouco valorizadas pois o senso comum, e a necessidade capitalista, os impele a postar matérias mais populares. Também creio que o que é bom deve ser mostrado, jogado nos meios de comunicação para ser conhecido e divulgado e a sociedade Brasileira atual precisa de melhores modelos referenciais, para isso, ninguém melhor do que o queridíssimo Dr. Bezerra de Menezes.
Quiçá leitores como você possam sempre nos prestigiar com a visita e comentários.
Obrigado, de coração!
Marcelo Stavale Molina
PS: Minha singela humildade não permite acreditar na possibilidade de um filme em meu nome, mas agradeço assim mesmo! :)

Marcos Z. disse...

Obrigado, Marcelo... Já tenho o compromisso de sempre voltar aqui. O raro deve ser sem dúvida cuidado e cultivado. Que bom saber que você tem consciência social quanto ao papel e repercussões de um blog. Creio que temos nele uma grande possibilidade de democratização não só da informação, mas também do conhecimento (que é informação pensada). Abraços e siga firme por essa causa...