// Tecnomodo

quinta-feira, abril 11, 2019

Walmart Investe em Robôs para Limpeza e Checagem de Produtos

Foto CNN

A rede de mercados Walmart vem investindo em automação de algumas atividades humanas em seus supermercados nos EUA. Inicialmente implementaram os caixas self-checkout onde o próprio consumidor passa os produtos no leitor do caixa, embala as próprias compras e paga, inclusive com dinheiro. Uma medida que acelerou a dinâmica do processo das compras.
Foto Merchandise Matter

Agora a rede, que emprega cerca de 1.5 milhões de funcionários só nos EUA, está implementando 3 tipos de robôs. Um que já está em andamento é o Pickup Tower onde você escolhe as compras e paga por um aplicativo e se dirije à loja apenas para buscar os produtos, que são dispensado em uma torre de forma automática, sem ação humana. Os outros dois estão em testes e servem para a limpeza do chão e para a checagem dos produtos na prateleira.
Foto TheVerge

O de limpeza do chão vejo uma grande vantagem para a manutenção e agilidade do processo, porém o de checagem de produtos em prateleira ainda me falta a percepção de necessidade porque, mesmo que ele ache um produto posicionado de forma errada, ele não poderá consertar a situação, ele serve apenas ao propósito de verificação, já que não possui braços, garras ou qualquer outro dispositivo para pegar os objetos. Segundo ponto, os robôs são imensos e quem já andou no Walmart nos EUA sabe que o volume de clientes é grande. Penso se esse robô andando nos corredores não causará um problema na circulação dos clientes.
Sou à favor da modernização (adoro os self-checkouts) mas penso que a praticidade precisa também estar presente nas decisões.
Fonte: How Automated Assitants Are Helping Us Work Smarter

domingo, março 31, 2019

Câmera Filma à 10 Trilhões de Frames por Segundo e Grava o Movimento da Luz.



O Centro de Pesquisa Nacional (Francês - National de la Recherche Scientifique - INRS) e a CalTech desenvolveram a câmera mais rápida do mundo chamada de T-CUP capaz de filmar à 10 trilhões de frames por segundo e conseguiram filmar o movimento da luz em câmera lenta. A equipe da Planet Slow Motion foi até a universidade CalTech para observar o feito.
Fascinante!!!


quinta-feira, março 28, 2019

NVIDIA Recria o Pouso da Apollo 11 na Lua para Provar que Foi Real

Há 4 anos atrás a NVIDIA criou uma simulação / DEMO do pouso do homem na Lua para provar que os raios do sol nas fotos da Lua, feitas pelos astronautas, não poderiam ser criados em estúdio. Observem que a sombra projetada no solo Lunar tem uma característica perpendicular, o que indica que a origem dos raios está há uma distância absurda, como é o caso do Sol... Tal demonstração além de provar que o pouso da Lua não foi Fake News em 1969 mas que a tecnologia de Real-Time Raytracing das GPU's RTX da NVIDIA renderizaram com foto-realismo a cena do pouso do homem na lua.
"All of this only heightened the fidelity of our latest demo — and re-confirmed what we’d discovered four years ago. That the illumination of the astronaut in the photo wasn’t caused by something other than the sun — such as studio lights  — but by light doing what light does.
Which proves one of two things. Either the Apollo 11 landing is real. Or NASA figured going to the moon was too hard, built a time machine instead, and sent someone 50 years into the future to grab an NVIDIA RTX GPU."
Tudo isso apenas para destacar a fidelidade do nosso último demo - e re-confirmar o que havíamos diescoberto há 4 anos atrás. Que a iluminação do astronauta na foto não foi causada por alguma outra coisa senão o Sol -  como as luzes de estúdio - mas pela luz fazendo o que a luz faz.
O que prova uma de duas coisas: Ou o pouso da Apolo 11 é real, ou a NASA descobriu que ir à Lua  era muito difícil, ao invés construiu uma máquina do tempo e mandou alguém 50 anos no futuro para pegar um GPU NVIDIA RTX.

Brincadeiras à parte, a DEMO é uma clara demonstração de como a tecnologia das GPU's estão avançando e a qualidade gráfica de render em tempo real é algo que já está em nossos arredores.
A simluação foi criada no Unreal Engine.
O vídeo do DEMO original se encontra aqui: https://www.youtube.com/watch?v=O9y_AVYMEUs&feature=youtu.be





quinta-feira, março 14, 2019

Usuário Cria Jogo de Pod Racing do Star Wars no Unreal Engine 4 e Ficou Fantástico!



O artista gráfico Robin Jin, de Paris, criou por diversão um jogo de pod racing do Star Wars. O jogo ficou muito bonito e ele disponibilizou o download do projeto para quem quiser jogar. Eu ainda não consegui baixar porque a quantidade de pessoas fazendo o download está absurda, mas se o jogo tiver a qualidade que apresenta, esse cara vai longe...
A qualidade e o envolvimento da jogabilidade com a qual ele desenvolveu esse jogo nos traz duas evidências: que a indústria de jogos, os grandes estúdios, precisam melhorar a jogabilidade de seus jogos e que mais usuários "comuns" estão desenvolvendo os seus próprios jogos, tirando o poder de criação das mãos dos conglomerados industriais. Não vamos entrar na linha se é fácil ou não, porque não é.... Rsrsrs, mas a possibilidade é real e com um pouco de determinação, persistência e resiliência, qualquer pessoa pode desenvolver um jogo.
Essa é uma discussão antiga à respeito dos Game Engine como Unreal Engine e Unity estarem trazendo a acessibilidade para as pessoas poderem criar os seus próprios jogos. Eu estou experimentando há alguns meses o Unity e estamos desenvolvendo um jogo de velho oeste também, mas ainda estado inicial. Enfim, os Game Engines são uma ferramenta gratuita e bem interessante para se aprender programação, criação de jogos e força o usuário a aprender a parte gráfica 2D ou 3D.
Para o jogo em questão  o artista usou o Maya e o Zbrush para modelagem e o Substance Painter para textura. A criação da dinâmica do jogo foi feita com o Unreal.
Colocaremos alguns links para quem quiser "brincar" com os Game Engines.

Unreal Engine - Game Engine
Unity Engine - Game Engine
Blender 3D - Software de Modelagem e Animação 3D
Maya - Software de Modelagem e Animação 3D (Pago)
3DStudio Max - Software de Modelagem e Animação 3D (Pago)
ZBrush - Software de Modelagem  3D (Pago)
Substance Painter - Software de pintura para texturização (Pago)

Abs.

quarta-feira, março 13, 2019

Novo Serviço Google para Jogos Será Apresentado na GDC 2019



Google está mantendo os gamers em suspense... Com um vídeo teaser sobre o que virá na GDC (Game Developers Conference 2019) da gigante de tecnologia.
Especula-se que o Google esteja para apresentar uma versão de hardware e de jogos streaming pela web. Seria uma fusão entre o Project Yeti e o Project Stream anteriores do Google. O Project Yeti é uma plataforma de jogos baseada em hardware que traria uma aceleração gráfica para o jogo. Já o Project Stream é uma modalidade de jogos onde o player usa poder de processamento dos servidores do Google para calcular a parte gráfica e o resultado é transmitido para o jogador. Tanto o Yeti como o Stream são modalidades que outras gigantes dos jogos estão testando. 
A Sony possui o PS Now, a Nvidia possui o Geforce e tantas outras começam a tatear nos jogos por Streaming com processamento à distância. Vamos aguardar as novidades...

Assistam ao vivo neste link do próprio Google no dia 19/03/19 às 10:00 PDT (Pacific Day Time)
Use este conversor de hora local à partir do PDT