// Tecnomodo: Cidade nos EUA troca toda iluminação pública para LED

sexta-feira, outubro 19, 2007

Cidade nos EUA troca toda iluminação pública para LED


A cidade Ann Arbor, MI, cidade do time Wolverines, está trocando toda a iluminação do centro da cidade (downtown) para lâmpadas LED. É a terceira cidade no mundo a fazer essa transição e o foco é a diminuição do gasto com iluminação. Estima-se uma economia de US$ 100,000,00 por ano com iluminação pública. O projeto consumirá 2 anos e US$ 630,000,00.
Muito interessante.
Outra cidade a usar sitema de iluminção em LED para as ruas é Toronto e Raleigh.
Fonte Engadget
Foto cedida pela Universidade de Michigan

2 comentários:

Anônimo disse...

quando essa tecnologia do led vai chegar ao brasil?em termos de consumo quanto se economiza?
existe algum lugar onde posso ver tabela de comparação?exemplo:para iluminar onde se usa uma lâmpada de 150w o led será de quantos wats?
o motivo é só curiosidade,pois trabalho em iluminação pulbrica.
obrigado.ass: ,Marivaldo Alves

RONALDO disse...

Informo foi desenvolvido aqui no brasil um projeto de iluminação publica que funciona com energia solar e super leds, que terão as seguintes vantagens:

Consumo reduzido: Maior rendimento em lúmen por watt consumido.
Resistência: Peso reduzido, baixa temperatura e não suscetível a quebra pelas vibrações provocadas na passagem de veículos.
Segurança: Internamente, os grupos de leds têm seu funcionamento independente; Com isso, a falha de um módulo não afeta o funcionamento de outro, reduzindo a possibilidade de blackout , permitindo uma rápida manutenção, sem prejudicar o funcionamento do restante do conjunto
Versatilidade: Trabalha com fonte alternativa, SOLAR, propiciando a economia de fiação e infra-estrutura, não havendo necessidade de instalar dispendiosos sistemas de controlo de fluxo luminoso que reduzem os níveis de iluminação em determinados períodos, mantendo assim sempre o mesmo nível de iluminação e minimiza os impactos ambientais decorrentes de novos empreendimentos energéticos.
Economia na instalação: Não utiliza reator ou ignitor, e não esquentam, gastam menos (economia chega a até 100%), diminui o estoque de reposição face è maior vida útil do material empregado e a redução da diversidade de tipo/potência do equipamento instalado além de exigir manutenção mínima.
Sua implementação, ou manutenção poderá ser feita por qualquer técnico de eletrônica .
Ecologicamente correta: Não contém substâncias nocivas à saúde humana e à natureza, suportar intempérie como situação de chuva, calor, umidade e frio. reduz significativa as emissões de CO2, e a eliminação de materiais para reciclagem (lâmpadas, reatâncias, etc.), aumento da vida útil das luminárias por não emissão de calor, etc.
Composto de : 01 painel solar,01 bateria especial, 01conjunto de leds de alto brilho, um circuito especial eliminando o uso de inversor o que causa o aumento do consumo por isso consegue obter uma autonomia de ate 20 dias sem incidência solar, cotem um interruptor crepuscular que desliga o sistema com a presença de luz e com um custo até 90% com relação aos sistemas já existentes no mercado.
com um preço bem reduzido

ATENCIOSAMENTE

RONALDO PEREIRA
61-8406 3722