segunda-feira, setembro 17, 2007

Notebooks com Vista e antivírus foram vendidos com vírus adormecido de 13 anos, na Alemanha


E que tal essa...
Vírus de 13 anos de idade, supostamente morto, ataca notebooks vendidos na Alemanha. A mega lojam Aldi vendeu máquinas Medion com o virus lançado em 1994 chamado de Stoned.Angelina e que infecta o setor de boot dos Hds movimentando o Master Boot Record para o cilíndro 0, cabeça 0, setor 9 do HD.
As máquinas foram enviadas com o sistema operacional Vista e o antivírus da Bullguard's, que identificou o vírus mas não consegui removê-lo.
Segundo o relações publicas da empresa, Benjamin Verduign, o vírus por ter ficado tanto tempo adormecido, a assinatura de identidade foi removida do antivírus para não deixar as máquinas muito lentas na hora do boot, mas que uma solução específica já está sendo projetada.
Cerca de 100.000 unidades foram vendidas e isso deixa muito claro que antigos vírus e malwares podem nunca ir embora de vez...
fonte The Register

Compare preços de softwares Antivírus, roteadores e Computadores Desktop e Notebook no Buscapé.

2 comentários:

Daniel Quadros disse...

Conforme detalhado nos comentários do artigo no The Register, a infecção pelo virus ocorre através de um boot via disquete e independe do sistema operacional. Portanto (pelo menos desta vez) não teria feito diferença se os notebooks estivesse com o Linux.

molina disse...

Você está certo! A instalação do virus é anterior ao sistema operacional em si, bastando para isso bootar com o disco infectado.
Mas e que tal se o Vista avisasse que o MBR havia mudado? E outra, como podem 100,000 máquinas estarem infectados com o mesmo virus? Será que deixaram 100,000 cópias do vírus em Disquete? Algo não cheira bem...