segunda-feira, outubro 16, 2006

Estranha Realidade

Olá amigos,

Vou relatar algo inusitado que me aconteceu hoje e que me fez pensar aonde estamos caminhando à respeito de livros na área de informática...

Estava chegando a uma livraria conceituada em um shopping local, quando resolvi pesquisar livros sobre blogs e internet. Procurei na parte de baixo da livraria e nada encontrei. Subi a escada e entabulei uma busca acirrada e nada. Achei livros de administração, vários deles na verdade, quase que tomava toda a parte superior da livraria. Desapontado desci as escadas e procurei um vendedor:

- Por favor, onde está a seção de informática?
- No andar superior senhor.
- Não é possível, acabei de vir de lá de cima e não achei nada.

- Está do lado do quiosque do computador, no fundo da sala.
- Tudo bem, se você diz...

Subi novamente, meio contrariado já que tinha vasculhado tudo e nada tinha percebido de informática. Como pôde sumir uma seção inteira de livros? Pensei. O vendedor deve estar louco. Mas eis que do lado do computador de pesquisas estava uma acanhada plaquinha escrita Informática.

Caramba! Uma parte de um armário que não possuía nem 5 prateleiras com grandes buracos entre os livros, eu podia jurar que dava para contar o número de livros na prateleira. Rodeado por Negócios – cerca de 10 estantes – e Administração – cerca de 8 estantes. Tinha um outro vendedor arrumando livros em uma prateleira vizinha e eu ainda perguntei para ele se tinha algum livro de informática em outro lugar e ele me afirmou que não, apenas aqueles.

Uma triste constatação: fazia muito tempo que não pesquisava mais os livros de informática.

Passado o choque resolvi ler os títulos, e aí meus amigos vem a segunda novidade: quase todos os livros eram de softwares abertos (livres). Do Linux tinha uns tantos, do Gimp (similar ao Photoshop) tinha de uns três autores diferentes, do Blender (similar ao 3D Studio Max) tinha de dois autores. De softwares comerciais, na verdade, não lembro de ter visto nenhum. PHP com MySQL – vários, Pearl – vários. Enfim, os livros de informática estão ficando escassos e os que existem são de natureza open source. Louvável em último grau que já temos livros a respeito do assunto, mas ainda estamos engatinhando. Sei que já existem livros sobre o OpenOffice (similar ao Office XP da Microsoft), mas não encontrei nada na referida livraria. Fiquei triste pela ausência dos livros, mas sei também que isso é fator mercadológico. Não existe procura, não existe necessidade. Livros podem ser comprados diretamente on-line e tal e coisa, mas mesmo assim eu gosto de frequentar livrarias e pegar no material físico, folheá-lo antes de comprar. Para mim foi uma triste constatação.

Abraços.

Molina

Nenhum comentário: